Guias e Tutoriais

Como transferir as configurações do Turing de um computador para outro(s):

Para exportar suas configurações atuais (inclusive o banco de frases) para um computador diferente faça por favor o seguinte:

  1. Conecte um pen drive USB no computador que possui as configurações que se deseja copiar para outro(s) computador(es).
  1. Abra o Turing. Clique no menu “Configurações”, e depois em “Exportar configurações”. Marque as opções “Exportar também o banco de frases” e “Colocar arquivos dentro de uma pasta”. “Clique no botão “Ok” para confirmar.
  1. Na lista de destinos que será exibida, selecione o item correspondente ao pen drive USB que foi conectado previamente. Clique no botão “Ok”. O Turing criará uma pasta dentro do pen drive e copiará todos os arquivos de configuração para dentro dela.
  1. Ejete e desconecte o pen drive USB.

Para importar configurações e frases previamente exportadas siga essas instruções:

  1. Conecte o pen drive USB no computador novo que irá receber as configurações copiadas.
  1. Abra o Turing. Clique no menu “Configurações”, e depois em “Importar configurações”. Marque a opção “Importar também o banco de frases”. Clique no botão “Sim” na mensagem de confirmação.
  1. Na lista de locais que será exibida, selecione a pasta que foi criada pelo Turing dentro do pen drive USB (seu nome será algo como “Config_Turing_US_…“). Clique no botão “Ok”.

< voltar

Como escolher uma pasta padrão para o salvamento dos laudos

Para escolher um local padrão que irá armazenar os laudos ao clicar no botão “Salvar laudo”, basta seguir as instruções abaixo:

1) Abra o Turing. Acesse o menu “Configurações” e clique em “Configurações do editor de laudos

2) Role a janela de configurações para baixo até a seção “Arquivamento dos laudos”.

3) Clique no controle apontado pela seta abaixo e forneça um endereço para o salvamento dos laudos. Se preferir, clique no botão “Escolher uma pasta…” para selecioná-la com mais facilidade.

4) Clique no botão “Gravar configurações” para finalizar.

5) A partir de agora, o programa irá gravar os laudos de forma organizada cronologicamente dentro da pasta que você escolheu sempre que você clicar no botão ”Salvar” após gerar um laudo.

< voltar

Como personalizar as frases usadas pelo Turing

Para que possa se adaptar da melhor forma possível à forma de trabalho de cada cliente, o Turing inclui um banco de expressões com dezenas de frases customizáveis para serem usadas nos laudos. Alterando estas frases, o médico pode fazer com que o Turing gere laudos que respeitam o estilo particular de cada clínica de diagnóstico.

O editor de Frases do Turing

A opção “Ver/Modificar as frases do Turing” do menu “Configurações” dá acesso ao editor de frases incluído no Turing. Usando este editor (ilustrado abaixo) o usuário pode alterar o texto das frases e depois salvar as modificações efetuadas clicando no botão “Gravar alterações“, no rodapé da tela à direita.

As frases encontram-se separadas em abas. Cada aba corresponde a uma modalidade de exame, como “Frases_Abdome_Pelve“, por exemplo. Cada frase, por sua vez, possui um título descritivo (ex: “Frase_Vesicula_Ausente“), e imediatamente abaixo fica uma caixa de texto com o conteúdo editável da frase.

Para alterar uma frase, basta modificar o que está escrito dentro das caixas de texto.

Se for necessário fazer com que uma determinada frase retorne ao seu conteúdo original, é só colocar um asterisco (*) no começo da frase, e depois clicar no botão “Gravar alterações”. O Turing irá automaticamente restaurar o conteúdo padrão de todas as frases marcadas com asterisco. Se você quiser restaurar o valor padrão de TODAS as frases de uma só vez, use a opção “Resetar banco de frases” do menu “Configurações“.

Frases que possuem “variáveis”

Algumas frases usam variáveis, representadas como %1, %2, %3, etc. Estas variáveis representam informações que serão inseridas automaticamente pelo Turing ao gerar o laudo, como medidas ou adjetivos (ex: hipoecogênico, irregular, etc). Ao alterar estas frases as variáveis podem ser colocadas em qualquer posição, mas não as descarte, e leve em consideração a qual informação cada variável corresponde no contexto da frase. Do contrário, a frase final pode perder o sentido.

Exemplos de modificações das frases contendo variáveis:

FRASE ORIGINAL Útero com contornos %1 e ecotextura %2, medindo %3 x %4 x %5 cm. Resultado:
Útero com contornos regulares e ecotextura homogênea, medindo 8,0 x 4,0 x 3,5 cm.
MODIFICAÇÃO VÁLIDA Útero mede %3 x %4 x %5 cm, apresenta ecotextura %2 e contornos %1. Resultado:
Útero mede 8,0 x 4,0 x 3,5 cm, apresenta ecotextura homogênea e contornos regulares.
MODIFICAÇÃO INVÁLIDA Útero mede %1 x %2 x %3 cm, apresenta ecotextura %4 e contornos %5. Resultado:
Útero mede regulares x homogênea x 8,0 cm, apresenta ecotextura 4,0 e contornos 3,5.

Frases extras (frases do usuário)

Caso o médico precise usar rotineiramente alguma frase que o Turing não possui, o Turing inclui o recurso das “frases do usuário“, que são 50 frases em branco totalmente personalizáveis que o médico pode nomear e preencher como quiser.

Para criar e salvar frases do usuário é só abrir o Editor de Frases (menu “Configurações > “Ver/Modificar as Frases do Turing”), acessar a aba “Frases do Usuário”, e então preencher os espaços disponíveis com os nomes e conteúdo de frases desejados.

Após fazer isso é fácil usar as frases cadastradas. Basta digitar o nome escolhido para cada frase dentro do editor de laudos, e o Turing irá inseri-la em tempo real automaticamente.

Por exemplo, se o médico criar e salvar uma frase com o nome “fteste” e com o conteúdo “Esta é uma frase de teste.”, ele poderá inserir essa frase nos seus laudos a qualquer momento simplesmente escrevendo a palavra “fteste” onde quiser que a frase apareça, seguida de espaço, vírgula ou da tecla “Enter”. O Turing vai imediatamente substituir a palavra “fteste” pela frase “Esta é uma frase de teste.”. É bom lembrar que o uso de letras maiúsculas ou minúsculas ao digitar o nome da frase não altera o seu funcionamento.

– Por exemplo: considere esta frase abaixo:

“Hoje é segunda-feira.”

– Se o médico escrever “fteste” no final dela, como abaixo:

“Hoje é segunda-feira. fteste”

– E apertar ENTER ou a tecla espaço, o resultado será esse:

“Hoje é segunda-feira. Esta é uma frase de teste.”

Os nomes das frases podem ter até 20 caracteres, incluindo letras e/ou números. O conteúdo das frases do usuário é livre e pode ter até 254 caracteres. Vale ressaltar que o Turing não consegue gerar conclusões automáticas a partir de frases do usuário.

Formatando as frases com negrito, itálico, etc

O editor de frases suporta também caracteres de formatação RTF (“Rich Text”), permitindo definir expressões em negrito, itálico, sublinhado e saltar linhas. A sintaxe destes comandos e alguns exemplos de uso são demonstrados abaixo:

Comando Sintaxe Exemplo de uso Resultado
NEGRITO \b {expressão}\b0 \b Útero\b0  de contornos  regulares… Útero de contornos regulares
ITÁLICO \i {expressão}\i0 \i Útero\i0  de contornos regulares… Útero de contornos regulares…
SUBLINHADO \ul {expressão}\ulnone \ul Útero\ulnone  de contornos… Útero de contornos …
NOVO PARÁGRAFO / SALTAR LINHA {expressão}\par {expressão} Útero\par de contornos regulares… Útero
de contornos regulares

Observe que todos os comandos RTF devem ser obrigatoriamente seguidos de um espaço.

< voltar

Como inserir o nome do médico no final dos laudos

Embora o Turing não possua o recurso de assinatura eletrônica, os laudos gerados pelo Turing podem incluir o nome do médico que realizou o exame no final dos laudos.

Para isso basta seguir as instruções abaixo:

1) Abra o Turing. Acesse o menu “Configurações” e clique em “Configurações do editor de laudos

2) Role a janela de configurações para baixo até a seção “Assinatura no rodapé”. Assinale a opção “Incluir assinatura

3) Preencha o nome do médico e clique no botão “Inserir novo”. Caso deseje usar uma segunda linha para exibir outras informações do médico, como o número do CRM, basta usar o comando especial “\par “ após o nome do médico. Ex: Dr. Fulano de Tal\par CRM-AM 555.555

4) O nome do médico que você inseriu aparecerá imediatamente na lista.

5) Se necessário, repita o processo para inserir outros médicos. Ao terminar, clique no botão “Gravar configurações”.

6) Para que o nome do médico desejado apareça ao fim dos laudos é só abrir a janela de configurações de novo, clicar no nome de um médico para selecioná-lo (o nome ficará destacado em colorido) e clicar novamente no botão “Gravar configurações”. Se só há um médico cadastrado, isso não é necessário.

7) O nome do médico escolhido aparecerá ao final de todos os laudos.

< voltar

Como personalizar o cabeçalho e o layout dos laudos

Os laudos gerados pelo Turing podem ter um cabeçalho contendo o logotipo e nome da  clínica, ou qualquer outra informação que se deseje.

Para isso basta seguir as instruções abaixo:

1) Abra o Turing. Acesse o menu “Configurações” e clique em “Configurações do editor de laudos

2) Assinale a opção “Usar um modo de layout para os laudos

3) Altere o conteúdo do cabeçalho como preferir. É possível escolher cor, tipo e tamanho das fontes usadas. Repare que logo abaixo do cabeçalho há um texto modelo com os campos “Paciente”, “Data do exame” e “Sexo:”. Esses campos também podem ser alterados à vontade, mas é aconselhável manter a expressão “%data_automatica” pois o Turing irá substituir esta frase automaticamente pela data do exame.

Caso deseje substituir a imagem do logotipo, selecione o logotipo atual, caso exista, e aperte a tecla “Delete” em seu teclado para excluí-lo. Continue na etapa 4.

4) Em seguida clique no botão “Inserir imagem”.

5) Selecione a nova imagem de logotipo que deseja usar e clique no botão “Abrir”. É possível usar imagens nos formatos BMP, JPG, GIF e WMF.

6) A nova imagem de logo aparecerá no cabeçalho. Caso deseje, selecione-a com o mouse e arraste os controles para alterar sua posição ou tamanho.

7) Clique no botão “Gravar configurações” para finalizar o processo.

< voltar